Gato e borboletas

Gato e borboletas

domingo, 25 de setembro de 2011

Último olhar

Tenho direito a um último olhar
Sei não concordar comigo
Mas tenho direito a esse último olhar
E que seja verdadeiro, pelo menos dessa vez
Não poderia deixar-me com amor nos olhos
O certo seria um olhar de desprezo
Ou qualquer coisa que fizesse doer de uma única vez
Se é que isso é possível
Mas a dor duraria menos (eu acho)
Deveria ter me deixado ir
Mas pediu pra ficar
Deveria ter desmarcado a viagem
Não o fez
Me falou em pra sempre
Quando tinha prazo de validade
Me fez dançar uma música colocada só pros meus ouvidos
Eu ia de acordo com seus passos
Que me fez acreditar sinceros
Você deveria ter me jogado na lama
Deveria ter me jogado em qualquer lugar
Mas me deixou flutuando numa bolha de sabão, longe de galhos
Vou sem rumo
Quero fincar os pés, não consigo
Não é justo negar-me seu olhar
Não é justo dar fim a uma história sem colocar o ponto
Imploro
Não seja covarde
Me olhe uma última vez

Nenhum comentário:

Postar um comentário