Gato e borboletas

Gato e borboletas

sábado, 24 de setembro de 2011

Breve funeral

Não, não precisa chorar
Nem se desesperar
Só preciso morrer por alguns dias
Tô tão cansada
que até as batidas do coração estão pesadas
Não, não mexa no corpo,
deixe-o ali quietinho
O velho vestidinho tá confortável
Preciso que me dispa de algumas lembranças
Nada de flores,
essas eu gosto bem vivinhas num jardim
Tire as coroas
Acho essas frases de péssimo gosto
Me deixe um sanduíche, por favor
Talvez eu ressuscite com muita fome

Nenhum comentário:

Postar um comentário