Gato e borboletas

Gato e borboletas

quarta-feira, 31 de dezembro de 2014

Adeus ano velho, Feliz Ano Novo!!!



2014 termina com um esboço

aquarela que corre suave pelo papel

passos que explodem
por todas as direções da Rosa dos Ventos

todos se vão felizes

aprendemos que o cordão umbilical
sempre é substituído por algo maior

e ...

"longe é um lugar que não existe"


quarta-feira, 10 de dezembro de 2014

Mensageiros do Abraço

Muito bom quando alguém nos manda um abraço
Abraço que atravessa oceano
sem perder o aconchego
Abraço que chega não só em palavras
mas nos braços e sorrisos
de conhecidos
há pouco desconhecidos
Quanto um abraço pode ser grande
pode ser muitos
Um abraço que se torna quatro
O amor é realmente fantástico
nem o oceano o deixa longe
e ele é capaz de multiplicar braços

Paixão, Paixões

Sou um ser movido a paixões
Preciso me apaixonar
sempre
muito
E não falo da paixão pela vida
Essa é constante
mesmo quando estamos brigadas
Preciso da paixão dos amantes
que sabemos ter prazo de validade
Até o mel que não o tem
mesmo depois de certo (ou incerto) tempo
perde sua textura tão prazerosa
ao sentirmos escorrer
O que dirá a paixão
quando vermelha
Sim
vermelha
Pois, 
a pela vida é sempre colorida
mesmo nos momentos que insisto em enxergá-la
preto e branco

segunda-feira, 8 de dezembro de 2014

Três Motivos


Foto de Virginia Rosa.

São momentos assim que deixa claro a existência de Deus

São momentos assim que sei porque existo

E sigo agradecendo

Fazer-se Ilha


Erupção vulcânica - Arquipélago de Ogasawara - Japão - Kyodo News
(post de José Edward Guedes)

Nesses momentos em que a cabeça ferve
do corpo parece escorrer pura lava

Nada melhor que se fazer ilha
deixar a água boa bater até esfriar

Recolher-se a um silêncio
que nem os Deuses ousam ouvir

Os Deuses sabem respeitar nossos momentos
e deixam o puxão de orelha sempre pra depois


Nutrição



Foto de Gaia Nutri.
(foto de Camô Mila Alquimias)

Nutrir o corpo onde o sonho é sustentado

Sustentar o sonho que pés no chão
transformam em objetivo

Objetivo que traça a caminhada
curvas, pedras, flores, sol forte

Caminhada que é pura surpresa
e todo o deleite de quem não desiste

Deleitar-se no desconhecido
que ora assusta 
e ora se faz ninho
pro descanso que toda caminhada exige




Rosa




Foto de José Edward Guedes.
(post de José Edward Guedes)


Tem  dias que ainda é botão

Momentos que desabrocha em puro charme

Segundos que um assopro a faz murchar

Ora rosa

Ora amarela

Mas sempre Rosa

Pétalas que caem renascendo do pesadelo

Espinhos sempre a postos

Cheiro bom de quem quer viver

Beber da água

Se colorir do sol

Rosa de muitas fases

Buquê de amante

Coroa de funeral

Cama de orvalho ao despertar do dia

Rosa esperando a primavera

Sorriso sempre guardado n'alma


Bons Ventos

Bons ventos trazem chuva fina
que acaricia as folhas
beija com cuidado cada flor
entranha a terra trazendo vida
matando a sede

Bons ventos trazem nomes desconhecidos
que se fazem conhecer
livros que precisam ser lidos
poetas que precisam ser sorvidos
poesia que precisa ser abraçada

Bons ventos levam raiva tentando achegar-se
decepção que não se esperava
dor que não deixamos doer
nomes que já até esquecemos
lugares que o mapa já apagou

Bons ventos levam tempestades pra longe
trazem abraços desconhecidos
sorrisos que só sentimos
cheiro de coisa boa
que ainda não sabemos bem o que é
trazem um "boa noite" que faz a noite ser