Gato e borboletas

Gato e borboletas

terça-feira, 27 de setembro de 2011

Sou Negra Sim - novembro/1999

Sou negra sim
Sou negra no sangue
negra na ginga
negra no tempero quente
negra na dor do meu irmão
Negra no Vô
filho de negros
neto de negros

Sou negra camuflada na pele branca
no cabelo liso
Mas a cor grita no peito
arde nos pés
pinta o amor
Amor negro, de cabelo crespo
de nariz largo
de pele quente
de virilidade

Sou negra sim
Negra na luta
No batuque que mexe forte as articulações
Que entra no ouvido e encharca a alma
Negra nos pés
Graças à Deus!
No turbante branco que envolve o coração
Na reza forte espantando maldição

Negra na convicção
No olhar translúcido
que enxerga a alma
que aperta o peito
beijando o coração
Que é vermelho na pele branca
Que é vermelho na pele preta
Que é vermelho no amarelo
Que é vermelho enquanto vivo

Sou negra sim
No amor que tenho
no amor que faço
no cheiro que sinto
na pele que abraço

Nenhum comentário:

Postar um comentário