Gato e borboletas

Gato e borboletas

segunda-feira, 6 de abril de 2015

Com-passos

A vida escolhe a música
Eu danço
O ritmo novo faz desajeitar-me
Eu tento
Rodopio pro lado errado
Num forte puxão
Eu volto pro passo
Confundo direita com esquerda
Fico tonta
Nunca soube me deixar levar
O erro foi esse
(será?)
Compassos
E eu nos meus passos pro lado oposto
Tento deixar-me ir como a música manda
Como a vida quer

Um comentário:

  1. OLÁ VIRGINIA.


    Sou seu mais novo seguidor!

    E sobre seu lindíssimo poema, acredito que na vida o fundamental é na desafinar!

    Estou falando sobre o Barão de Itararé e a conjuntura nacional em meu blog,

    HUMOR EM TEXTOS.

    Recentes estudos comprovam que esta enxurrada de noticias más e massacrantes às quais estamos expostos diariamente, causa males irreversíveis à saúde.

    Um abração carioca e lhe espero por lá.

    ResponderExcluir