Gato e borboletas

Gato e borboletas

terça-feira, 4 de junho de 2013

(sem compromisso)

Incorremos no erro de pegarmos uma expressão e colocar sobre ela o peso de apenas um dos seus inúmeros significados. 

Nossa língua é riquíssima, chega a ser um pecado restringir o uso das palavras por conta dessa pobreza semântica.

Me perguntaram se eu aceitaria um convite pra "conversar (sem compromisso)". 

Impossível.

Achei esse significado bem propício:
"Compromisso: responsabilidade adquirida em virtude de uma afirmação verbal ou escrita, feita por nós mesmos."
- não necessariamente verbal ou escrita, firmamos nossos maiores compromissos em nossas silenciosas orações.

Se aceitar sair pra conversar ... bem ...

Estarei firmando um "compromisso" de estar pronta na hora certa.

Estarei comprometida com o fato de querer que o tempo que ela dure seja agradável.

Seja qual for o assunto que conversemos o meu compromisso será manter-me veraz. Até porque, esse é um compromisso que firmo comigo ao acordar, todos os dias.

Não tem como não me comprometer.

E o meu maior comprometimento é em ser feliz.

Por isso ... será impossível uma "conversa (sem compromisso)". 

Um comentário: